26 de jan de 2018

Tarkin (James Luceno) – BL 2018


Título: Tarkin
Autor: James Luceno
Mês: Janeiro
Tema: Sci-fi
Editora Aleph, 366p.

Cinco anos após os acontecimentos de A vingança dos Sith, Moff (título político-militar concedido a comandantes e administradores do Império Galáctico) Tarkin agora é uma das pessoas importantes no consideravelmente jovem cenário político criado pelo imperador. Sua obrigação atual é supervisionar a construção de uma estação espacial conhecida como Estrela da Morte. A mando do próprio Imperador, ele se junta a Darth Vader para descobrir as origens de um atentado. Através de suas conversas, posicionamentos e pensamentos, Tarkin vai descortinando sua vida desde a infância em seu planeta natal Eriadu, seu papel nas guerras clônicas, seu conhecimento sobre a identidade de Palpatine, e principalmente suas dúvidas acerca da verdadeira face por trás da máscara de Darth Vader.

Depois de Lordes dos Sith, de alguns filmes de ambas as trilogias de Star Wars no Telecine e de rever os dois episódios da trilogia mais recente, resolvi pegar o embalo e avançar com a leitura de livros sobre Star Wars. Tarkin é o segundo (que eu tenho, porque ainda tem o Dark discipline, o primeiro livro que faz parte do novo cânone, mas ainda não foi lançado no Brasil) livro que eu leio e foi ótimo saber mais sobre a vida da terceira cabeça no “triunvirato” galáctico. James Luceno consegue prender a atenção, apesar de algumas vezes a história ser um pouco maçante. Uma das melhores surpresas: pela primeira vez se soube o primeiro nome de Palpatine, Sheev. Também foi fascinante ver o quanto Tarkin, bem longe de ser um simples peão nas mãos do imperador, tinha seus planos e o quanto existia de concordância entre ele e Palpatine. Acima de tudo: o quanto ele sabia sobre Darth Vader. Um livro excelente, que você não consegue largar.

24 de jan de 2018

Spotlight – BL 2018


Título: Spotlight – segredos revelados
Autor: Equipe do The Boston Globe
Mês: Janeiro
Tema: Aborda tema polêmico
Editora Vestígio, 284p.

Sinopse: "Ganhador do Prêmio Pulitzer, este livro conta a história real de um grupo de corajosos jornalistas que denunciaram uma sucessão de abusos de crianças, obrigando a Igreja Católica a prestar contas. Em janeiro de 2002, o jornal The Boston Globe publicou uma série de reportagens que chocou o mundo. Centenas de crianças em Boston sofreram abuso sexual por parte de padres certos de sua impunidade, eles agiam com o aval das autoridades religiosas, que acobertaram seus crimes por décadas. As reportagens revelaram a obscena quantia gasta pela Igreja Católica com subornos para comprar o silêncio das vítimas cujas vidas foram devastadas por pedófilos que, vestidos com o hábito, tinham o Pai Nosso na ponta da língua. A denúncia abalou as estruturas da Igreja Católica e deixou milhões de fiéis no mundo inteiro estarrecidos, furiosos e indignados: a instituição, em vez de servir e proteger a comunidade, usou sua poderosa influência para se resguardar do escândalo. Este relato, que inspirou o filme Spotlight, indicado ao Oscar em 6 categorias, é uma exposição violenta e importante do abuso de poder por uma das mais altas esferas da sociedade. The Boston Globe foi o único jornal que teve a persistência e a coragem de enfrentar essa história, forçando a arquidiocese de Boston a quebrar o sigilo de documentos internos, que escancararam, finalmente, as proporções do escândalo.

Quando vi os temas para o Bingo Literário, Spotlight foi o primeiro livro que me veio a cabeça para este tema específico. Ele se enquadrava em outras categorias de outros desafios também, mas acabou ficando para o Bingo Literário mesmo, uma das primeiras leituras que estabeleci. Fiquei atrás do livro desde dezembro do ano passado, consegui em troca e gostei bastante. Eu achei que seria a história do filme, que foi excelente e mereceu o Oscar em 2016, mas não. O livro é excelente, e diferente do filme, onde mostra os repórteres investigando e pesquisando sobre os abusos sexuais cometidos pelos padres contra crianças, a história contada é exatamente o que estava escrito nos documentos e recortes em que a equipe do Boston Globe se baseou para escrever suas matérias. O livro se divide em partes, cada uma falando de tópicos específicos: sobre os padres abusadores, sobre as vítimas, sobre o cardeal Law (que foi a parte que eu mais gostei para poder entender porque ele protegia os padres). Para ler o livro, precisa-se ter um estômago forte, porque você se sente traído, com ódio de tanta perversão e injustiça. Recomendo.

22 de jan de 2018

Amberblades Yomiko (Gisele Bizarra) – D12ML 2018


Título: Amberblades – Yomiko: um conto do oriente
Autora: Gisele Bizarra
Mês: Janeiro
Tema: Literatura nacional
37p.

Analiele é a comandante da guarda élfica que acompanha os embaixadores de Woodsyiel até o reino oriental de Raisininsun, em uma tarefa de negociação de conhecimentos mágicos. Ela se encanta com o lugar, mas logo em sua chegada tem suas habilidades menosprezadas por um senhor de idade que ela nem conhece, o mestre do estilo da Tríade dos Ventos, um estilo de luta. Ao ser notificada que o imperador do país fez com que os embaixadores dispensassem sua guarda pessoal, ela fica furiosa e sai para dar um passeio para se acalmar. Ela encontra um grupo de rapazes intimidando alguns camponeses e se mete para defender os atacados e acaba dando de cara com o mestre que fez pouco caso de seu trabalho enquanto guarda. Ele pede desculpas e oferece ensinamentos do estilo de luta da Tríade dos Ventos. Ela aceita e se transforma em Yomiko, e começa a aprender com Yami, o líder dos jovens arruaceiros que ela enfrentou na rua. A convivência leva ao surgimento de um sentimento além da camaradagem entre lutadores... mas Yomiko acaba descobrindo da pior maneira a verdadeira natureza de Yami.

Adorei. O ebook é muito pequeno, dá para ler bem rápido, e a história é tão envolvente que quando eu me vi querendo mais, tinha acabado. O romance é bem bonitinho, e apesar de meio clichê, consegue cativar, principalmente porque a protagonista é uma guerreira que não admite injustiça, ou seja, meio caminho andado para que eu a adorasse ☺ A capa é uma graça, como eu não entendo de ilustração, só posso dizer que é uma imagem “limpa”, sem exageros. Foi um belo encerramento de uma série que eu demorei para ler, mas me apaixonei.

19 de jan de 2018

A alma da fera (Diana Peterfreund) – DLL 2018


Título: A alma da fera
Autora: Diana Peterfreund
Mês: Janeiro
Tema: Um livro de um autor que nasceu em Janeiro
Editora Galera Record, 350p.

Astrid Llewellyn está mais consciente e capacitada em sua missão de caçar unicórnios. Mas nem tudo está bem, mesmo com essa parte da sua vida dando certo, afinal, seu namorado vai embora de Roma para estudar em Nova York, o clausto está com cada vez mais dificuldades financeiras, algumas caçadoras inexplicavelmente estão ficando sem suas habilidades e seu sonho de virar uma cientista está cada vez mais longe. Até que um reencontro inesperado com Brandt, um ex que a largou e humilhou quando soube o que ela era, a leva a receber uma proposta tentadora: se mudar para a França e ajudar a Gordian Pharmaceuticals na busca pelo Remédio. O problema começa quando Astrid passa a questionar as motivações e métodos da empresa, assim como sua própria vida de caçadora...

O segundo livro da série Ordem da leoa é melhor do que o primeiro. Não sei se porque é o segundo, já se tem uma familiaridade com os personagens, o fato é que a história progride muito bem e prende a atenção. Toda hora fica-se esperando uma trairagem, desconfiando de que Astrid estava se enganando com Isabeau, e quando acontece, não dá nem realmente pra saber se foi engano ou traição mesmo. Li em um dia de tão ansiosa que fiquei só para lembrar que não tinha o terceiro livro em mãos. Gostei muito dos assuntos que o livro abordou (testes científicos em animais, em que ponto é válido e quando deixa de ser, preservação de espécies ameaçadas). Muito recomendado.

17 de jan de 2018

Poder, política e poltergeists petulantes (J.K. Rowling) – DLL 2018


Título: Poder, política e poltergeists petulantes
Autora: J.K. Rowling
Mês: Janeiro
Tema: Um livro de seu autor favorito
Editora Pottermore, 71p.

As histórias de Dolores Umbridge, Horace Slughorn, Quirinus Quirrel, Pirraça. Cada um desses contos mostram suas origens: como Umbridge tinha uma relação azeda com sua família, sua vergonha de seu pai e sua crueldade e ambição. A relação do bondoso professor Slughorn, um ex-aluno da Sonserina, com um de seus alunos mais famosos, Tom Riddle. A história de Quirrel e como ele se ligou a Voldemort. O surgimento da prisão Azkaban e sua controversa necessidade para os bruxos. No final dos contos, J.K. Rowling traz suas reflexões sobre cada uma das histórias.

Neste ebook são mostradas novas histórias (nove) sobre alguns dos personagens do mundo de Harry Potter sobre os quais a maioria tem curiosidade para saber. Eu nunca me interessei muito em descobrir mais sobre o passado de Umbridge, e a história dela me surpreendeu no sentido de que a mulher é mesmo uma megera daquelas. Fiquei esperando um “turn point” mas não teve, e me decepcionei um pouco (acho que por causa de Snape, agora fico esperando que todo personagem mau tenha seu momento de redenção). O que mais gostei foi a história da prisão de Azkaban. Mais uma publicação do Pottermore indicada e necessária para todo fã de Harry Potter.

15 de jan de 2018

Lordes dos Sith (Paul S. Kemp) – DLS 2018


Título: Lordes dos Sith
Autor: Paul S. Kemp
Mês: Janeiro
Tema: Um livro de ficção científica
Editora Aleph, 346p.

Cham Syndulla e Isval são dois Twi’leks idealistas e rebeldes que lideram o movimento chamado Ryloth Livre, cujo objetivo é emancipar o planeta Ryloth da escravidão e extorsão imperial. Enquanto Cham é um militar estrategista, Isval é uma ex-escrava com desejo de vingança. Do outro lado do conflito, Moff Delian Mors é uma governante acomodada e o coronel Belkor Dray é um militar inescrupuloso, ambos se desprezam mutuamente e essa convivência forçada acaba definindo alguns acontecimentos... Quando descobrem que o imperador em pessoa com Darth Vader planejam visitar Ryloth a bordo da nave Perigo, os insurgentes tramam um ataque surpresa.

Seu dever era governar tudo aquilo. Agora percebia que a vontade manifesta da força era essa.

Foi a primeira vez que peguei um livro sobre Star Wars. Eu achava que seria um livro muito chato, tinha na cabeça que nada superaria os filmes... Não podia estar mais enganada. O livro é maravilhoso, deu mais uma visão sobre a relação entre o imperador e Darth Vader, sobre a dinâmica entre eles. Outra coisa que eu também gostei foi a forma como o autor falou da Força, e entremeou os pontos de vistas, do chanceler e Darth Vader e dos rebeldes. Aliás, Darth Vader é um personagem fascinante por si só, e apesar dos filmes mostrarem a relação entre ele e seu mestre, essa passagem mostra claramente a subserviência de um para com o outro:

[...] Por fim, Vader deu um passo em torno da fogueira e, diante do mestre, ajoelhou-se sobre uma das pernas. [...]

Os guardas imperiais me lembraram muito da guarda de Snoke no filme Star Wars Episódio VIII – o último jedi. Esse livro conta um pouco do que aconteceu entre os episódios III e IV, a “história oficial”, e vale muito a pena porque mostra, especificamente este livro, o início da ascensão de Vader. A ação é ininterrupta, você simplesmente não consegue largar o livro porque o autor prende a sua atenção com diálogos excelentes. Traições, manipulações pessoais, lutas espaciais, tudo isso entremeados por pequenos lampejos do passado de Darth Vader, quando ele era Anakin Skywalker (aliás, essas foram as MELHORES partes do livro), e sua convivência com o imperador fazem desse livro uma das melhores leituras que já fiz.

12 de jan de 2018

Blog planner 2018

Continuando com esse hábito que adquiri desde o início de 2017 e que me ajudou MUITO na hora de organizar meus posts e minhas leituras. Para 2018, escolhi um planner mensal não datado da Subexplicado:


Cada um dos desafios tem seu próprio insert com os temas das leituras:

Desafio Literário Skoob 2018

Desafio 12 Meses Literários 2018

Esse insert eu dei a idéia para as moderadoras do grupo e me voluntariei a fazer. Elas gostaram e ficou).

Bingo Literário

O planner literário do Desafio Literário Livreando 2018 eu sugeri para a Tâmara Nunes, ela aceitou e fez um planner muito lindo com várias divisões: meses, calendário, anotações, quotes. Ela também criou um planner geral que pode ser usado para qualquer desafio. As inscrições para o desafio já terminaram, mas quem quiser pode baixar o planner geral no blog dela.





Eu já baixei e imprimi meus planners e inserts e já estou preparada. Que comecem as leituras 2018!

10 de jan de 2018

2018, novo ano, novos desafios

Em primeiro lugar, quero desejar um Feliz Ano Novo a todos os seguidores.
Este ano eu continuo com os desafios literários, o que, aliás, já está virando tradição aqui nesse blog :) Para evitar que eu quase enlouqueça como ano passado, em 2018 serão somente 4 desafios escolhidos a dedo para adequar os livros que eu já tenho parados aqui. 

O primeiro deles é o Desafio Literário Skoob 2018, pelo facebook.


O segundo é o Desafio Literário Livreando 2018, do blog Livreando. Esse desafio eu achei por pura sorte e a dinâmica é bem interessante, mas confesso que o que me convenceu mesmo a participar foi o fato da blogueira ser paraense também.
São cinco categorias para cada mês, os participantes devem ler pelo menos 2 livros por mês e no máximo cinco se quiserem participar dos sorteios. Os temas de Janeiro a Julho já foram liberados e eu adorei.




O terceiro é o Desafio 12 meses literários, que eu também achei no facebook. Esse desafio é simples como o do Skoob, apenas um tema por mês.



Finalmente, o quarto e último desafio é o Bingo Literário, um dos primeiros desafios que achei no facebook enquanto procurava por algum que me interessasse. Gostei da proposta porque os temas são variados e você lê na ordem que quiser. Eu sorteio os livros escolhidos para cada mês pelo site Sorteador.



Também continuo esse ano com uma mania que comecei em 2017: blog planner para organizar minhas postagens no grupo. Mas isso falo em outro post.