23 de jun de 2017

Aventuras maravilhosas do Capitão Corcoran (Alfred Assolant) – 52 Weeks Project 2017


Título: Aventuras maravilhosas do Capitão Corcoran
Autor: Alfred Assolant
Mês: Junho
Editora Companhia Editora Nacional, 174p.

Em meados do século XIX, o presidente da Academia das Ciências de Lyon anuncia que um antigo colega faleceu e resolveu deixar de herança cem mil francos ao homem que se dispusesse a viajar para a índia em busca do primeiro livro sagrado dos hindus, o Gurukaramta, missão que ele mesmo se incubiu de realizar antes de morrer. É então que o capitão Corcoran aparece junto a sua companheira tigresa Louison para avisar que ele vai em busca do manuscrito. Na Índia, Corcoran se vê envolvido nos conflitos entre ingleses, franceses e hindus e acaba se apaixonando por uma bela princesa.

Não sei porque livros sobre ou que retratem a cultura indiana são uma tortura para mim. Ok, exagerei, não foi uma tortura propriamente dita, eu consigo ler, mas me arrasto MUITO para terminar. Esse livro é muuito bom, a história é boa, eu amei a amizade da tigresa Louison e de Corcoran, mas ainda assim... Acho que a única coisa que me prendeu foi a tigresa mesma, e o final me deixou completamente surpresa. Muito bom.

19 de jun de 2017

A herdeira do fogo (Sarah J. Maas) – DL L&T 2017


Título: A herdeira do fogo
Autora: Sarah J. Maas
Mês: Junho
Tema: Fantasia
Editora Galera Record, 518p.

Celaena está nas terras distantes do reino de Adarlan para matar os líderes da rebelião. Mas ela decide não levar esse plano adiante. Ao invés disso, ela resolve descobrir mais sobre sua própria origem feérica. Em seu caminho aparece Rowan, um guerreiro féerico muito mais velho que Celaena. Ele a leva para encontrar sua tia, com quem a jovem faz um acordo: ela lhe dá as informações que precisa sobre uma forma de derrotar o rei de Adarlan se Celaena for digna o suficiente de entrar na cidade mística. Para isso, Celaena é treinada por Rowan. O relacionamento deles no início é bem difícil, mas a medida que vão se conhecendo, eles passam a se entender. Enquanto isso, Dorian está lidando com a própria magia, que ele ainda está aprendendo a controlar para que seu pai não perceba. Seu relacionamento com Chaol, o capitão da guarda do rei, está complicado desde que Celaena foi embora, e agora com a chegada de Aedion, um famoso general do rei de Adarlan e um dos únicos a sobreviver ao massacre que supostamente deveria ter matado seus parentes, a situação se complica mais. Longe dali, variados clãs de bruxas que estão do lado do rei se juntam para adquirem suas montarias, criaturas aladas ancestrais muito poderás e partirem para a guerra...

Esse livro é simplesmente maravilhoso. Eu achei que nada fosse superar as surpresas que Coroa da meia-noite trouxe, mas me enganei. A chegada de Aedion e sua verdadeira ligação com Celaena foi o que mais me surpreendeu. Além disso, Manon e sua relação com sua montaria alada me deixou completamente apaixonada (sim, eu sei que Manon é uma bruxa horrível, mas ela também é incrível, e sua ligação com sua criatura me lembrou muito de Eragon e Saphira. Terminei o livro e dei graças a Deus de já ter a continuação em casa. Sobre a diagramação do livro, o trabalho da Galera Record continua um primor. Completamente recomendado.

16 de jun de 2017

O mago de Rondo (Emily Rodda) – 52 Weeks Project 2017


Título: O mago de Rondo
Autora: Emily Rodda
Mês: Junho
Editora Fundamento, 336p.

Em casa e no seu mundo, Leo não consegue parar de se preocupar com a caixa de música que recebeu de herança. Isso porque ele se preocupa com o fato das pessoas em Rondo e suas vidas ficarem a mercê do ato de dar corda na caixa. Ao mesmo tempo, ele se preocupa porque sabe que existem regras a serem cumpridas quanto a isso. Quando ele percebe uma trilha de fumaça estranha saindo do castelo da Rainha Azul, ele se desespera, afinal, ela acha que a Chave para Rondo foi destruída e, portanto, Leo e a prima Mimi ainda estão lá. Assim, os dois partem para Rondo em busca dos amigos e de se fazer notar, e acabam tendo que achar na busca por um ajudante de mago desaparecido, sem saber que irão lidar com poderes bem mais poderosos que qualquer coisa que a Rainha Azul já tenha feito.

Uma continuação muito boa. Li em pouco tempo, porque queria saber no que ia dar as confusões de Leo e Mimi em Rondo, além do próprio mistério em torno do mago desaparecido. A leitura continua sendo leve, simples e divertida e o final consegue surpreender. O gosto de quero mais fica por conta, novamente, do paradeiro e das ações da Rainha Azul, eu fiquei me descabelando para saber mais sobre essa personagem. Se você leu o primeiro, vai gostar do segundo. Indicado.

14 de jun de 2017

Simplesmente acontece (Cecelia Ahern) – IDY 2017


Título: Simplesmente acontece
Autora: Cecelia Ahern
Mês: Junho
Tema: Passa na Irlanda
Editora Novo Conceito, 448p.

Alex e Rosie são amigos desde crianças. Na escola sempre ficavam juntos, iam aos aniversários uns dos outros, brigavam e faziam as pazes. Até que, no último ano de escola, o pai de Alex recebe uma proposta irrecusável de emprego e aceita, levando a família toda a se mudar para os EUA, enquanto Rosie ficaria na Irlanda. Apesar da distância, os dois continuam a se falar e ser amigos. No baile de formatura, Alex não aparece e Rose acaba indo com Brian. Um tempo depois, descobre que está grávida. A partir daí, sua vida vira de cabeça para baixo, pois apesar de ter o apoio dos pais, seus planos de faculdade são completamente abandonados. Do outro lado do mundo, Alex está cursando Medicina e tem grandes planos para sua carreira. Os anos passam, as circunstâncias mudam, pessoas vêm e vão da vida de ambos, mas a amizade entre eles permanece forte. Todo mundo apostava que eles ficariam juntos, mas será que vai acontecer, depois de tanto tempo?

Eu nunca fiquei tão frustrada com uma história quanto fiquei com essa. Nem Como eu era antes de você me deixou assim, mesmo com toda a questão de Will ter uma chance para felicidade e mesmo assim recusar. Mesmo assim, dá para avaliar a situação pelo ponto de vista do personagem e do porquê dele escolher outra coisa. Diferentemente de Rosie e Alex, que parece que tem tudo para ficar juntos, mas sempre acontece alguma coisa para impedir isso. As implicâncias com os respectivos parceiros (as partes divertidas ficam por conta de Rosie avacalhando as mulheres de Alex), as ajudas quando um estava por baixo, as brigas, tudo são momentos que um vive e o outro acaba fazendo parte também por tabela. Algo que eu gostei bastante foi a forma narrativa que a autora utilizou, através de cartas e e-mails, assim dava para ver os variados pontos de vista de praticamente todos os personagens que importavam para a história. Adorei e recomendo.

12 de jun de 2017

A probabilidade estatística do amor à primeira vista (Jennifer E. Smith) – IDY 2017


Título: A probabilidade estatística do amor à primeira vista
Autora: Jennifer E. Smith
Mês: Junho
Tema: Romance clichê
Editora Galera Record, 224p.

Hadley está viajando (quase obrigada pela mãe) para o casamento do pai, com quem ela tinha uma relação muito forte quando criança e que ela não vê faz muito tempo, em Londres. No dia do embarque, ela perde o vôo e acaba tendo que esperar pelo próximo no aeroporto, onde ela conhece um britânico chamado Oliver. Durante o tempo de espera no aeroporto, Hadley e Oliver não se desgrudam, quando embarcam estão na mesma fileira de assentos, e ambos se dirigem para ocasiões semelhantes, e é assim que os dois vão descobrir a probabilidade de se apaixonar a primeira vista.

O livro é bem pequeno e, apesar do final não ter trazido nenhuma surpresa, vale a pena por causa do jeito com que autora constrói toda a história até chegar nesse final. A forma como ela explora os sentimentos de Hadley sobre o pai, de quem ela acabou se distanciando, e com o Oliver, por quem ela se apaixona. Na verdade, o livro não é nada que eu esperava e isso foi bom, foi essa a surpresa. Recomendo.

9 de jun de 2017

O medalhão mágico (Mariana Lucera) – 52 Weeks Project 2017


Título: O medalhão mágico: a nova era
Autora: Mariana Lucera
Mês: Junho
Editora Amazon, 355p.

Após uma briga com Victor, Emy resolve ir conversar com a rainha dos elfos. Ela abre um portal para Elsoris, mas sente que tem algo de errado ao se deparar com vários corpos no caminho. Ela encontra Ehling a beira da morte, Victor a encontra e ambos fogem do Felgori. Eles pedem ajuda para Urik e contam da destruição da cidade subterrânea, enquanto o velho fala para eles a origem do medalhão e o poder contido no objeto. Presa a profecia que dizia que ela deve matar o Felgoris para destruir Elsoris (Emy e Amila podem vencer o Felgori, no entanto, a diferença é que a menina irá se voltar contra os seus e trazer para a terra um destino pior do que a presença do Felgori). Valentini resolve soltar o monstro pra evitar que uma das duas o mate. Ela o transforma em um homem, mas o monstro, que a odeia, mata-a e vai embora. Já Emy também se vê obrigada a trair seus amigos se quiser libertar Amyla e dar mais uma chance para a feiticeira. Nessa luta, Hank e Emy irão enfrentar muitos perigos para conseguir vencer de uma vez por todas.

O final da história de Emy e companhia, no início, não prendeu muito a minha atenção como os livros anteriores. Só quase na metade que a história começa a verdadeiramente atrair o leitor, porque é quando a aventura acontece. Eu gostei da citação de (quase comparação com) O Senhor dos Anéis. Fora isso, não tenho muito o que falar. Foi difícil ler os ebooks dessa série porque não curto ebook de mais de 150 páginas, mas valeu a pena. Recomendo.

7 de jun de 2017

Percy Jackson e a cantora de Apolo (Rick Riordan) – IDY 2017


Título: Percy Jackson e a cantora de Apolo
Autor: Rick Riordan
Mês: Junho
Tema: Autor famoso
Editora Guys Read - Other Worlds, 17p.

Percy se reúne com seu amigo sátiro Glover para comemorar o aniversário dele. A tarde está tranquila, até que Apolo aparece do nada com três de suas cantoras douradas. O problema é que ele tem um concerto no Olimpo a noite e precisa da quarta cantora, pois sem ela a melodia do grupo fica vazia. A quarta cantora se virou contra seu senhor e fugiu (sua garantia de dois mil anos expirou, então só podia dar nisso mesmo). Agora, Apolo quer que Percy vá em busca da fujona. Glover o acompanha e eles acabam se metendo em várias confusões, novamente para consertar um erro dos deuses.

Mais um ebook fininho do Rick Riordan que faz o leitor rir muito. Apesar de ter lido somente os dois primeiros livros da série Percy Jackson e os olimpianos (e não ter nenhuma pretensão de ler o restante), eu até que gosto desses personagens, consigo me divertir porque as confusões em que eles se metem são engraçadas. Recomendo dar uma olhadinha, quando você está com a mente cansada de leituras mais complexas para dar uma relaxada.

5 de jun de 2017

Lançamento de novo box de Harry Potter


Foi anunciado mais um box da série Harry Potter. Rocco e Amazon se uniram para lançar um novo box comemorativo pelo aniversário de 20 anos do lançamento da edição britânica de Harry Potter e a Pedra Filosofal.


O lançamento na Amazon é dia 26 de junho, no valor de R$ 249,50. O box já está em pré-venda.


3 de jun de 2017

Mulher-Maravilha (2017)

A história: Antes de tornar-se Mulher-Maravilha, ela era Diana, princesa das Amazonas, treinada para ser uma guerreira invencível. Criada numa isolada ilha paradisíaca, Diana descobre que um grande conflito assola o mundo quando um piloto americano cai com seu avião nas areias da costa. Convencida de que é capaz de vencer a ameaça de destruição, Diana deixa a ilha. Lutando lado a lado com homens numa guerra que pretende acabar de vez com todas as guerras, ela vai descobrir todos os seus poderes… e seu verdadeiro destino.

O pôster está gigante porque Diana merece :)

Bom, eu nunca fui fã de quadrinhos de super-heróis, não sei nada nem sobre DC nem sobre Marvel, só comecei a acompanhar de verdade esse tipo de filme depois do segundo filme do Capitão América (aí fui ver os do Homem de Ferro, dos Vingadores, etc), então não sou capaz de falar sobre o por quê das críticas aos filmes da DC (também não vi Esquadrão Suicida, e achei Batman vs. Superman um filme estranho, por falta de palavra melhor).
Só posso dizer, como fã de (alguns) filmes de super-heróis, que Mulher-Maravilha se equipara a Doutor Estranho: souberam como juntar elenco, trilha sonora, roteiro, cenários, figurinos e efeitos especiais em um único filme de forma que ficasse excelente!


O romance ficou de muito bom tom, as cenas de alívio cômico não ficaram forçadas ou fora de lugar e as lutas são muito bem coreografadas (as MELHORES CENAS são das lutas de Diana):


As amazonas  ❤❤❤ Robin Wright e Connie Nielsen estão maravilhosas!


Outra coisa que achei o máximo: Diana trabalha no Louvre (SO-NHO!). Em suma, amei. Não sou especialista nem fã ardorosa, mas o filme já está na minha lista de favoritos.

2 de jun de 2017

Amberblades e o novo reino (Gisele Bizarra) – 52 Weeks Project 2017


Título: Amberblades e o novo reino
Autor: Gisele Bizarra
Mês: Junho
Editora Clube de autores, 459p.

Driel vive com o pai Yuriel no Deserto de Fogo. Ela não é cega, mas tampouco pode abrir os olhos para ver, e isso é uma fonte constante de tristeza para a jovem. Ao apartar uma briga de bêbados em um bar junto com o dragão Bleizi, Driel descobre Deivian Colman, neto de Moran, de uma geração antiga dos amberblades. Eles conversam e Yuriel descobre que sua filha corre perigo, ainda mais com um ataque dos elfos das sombras ao pacato lugar onde vivem. Eles querem Driel porque seu mestre quer o poder da garota para voltar ao mundo dos deuses. No meio do perigo para proteger uma jovem que é a chave para tudo, mais uma vez surge uma nova geração de Amberblades.

Finalmente o fim dessa trilogia. Quando eu comecei a ler, achei que seria uma sequência, com os mesmos personagens do início da história, mas gostei do fato de não ser exatamente assim. Gostei do fato da autora ter usado algum personagem do livro anterior para fazer alguma conexão entre os livros, mas para aí, cada um traz uma história diferente, uma nova aventura que prende a atenção do início ao fim. Agora eu quero muito ler o conto Yomiko. Indico totalmente.