28 de abr de 2017

Garotas da rua Beacon (Annie Bryant) – 52 Weeks Project 2017


Título: Garotas da rua Beacon: piores inimigas / melhores amigas
Autora: Annie Bryant
Mês: Abril
Editora Fundamento, 255p.

Charlotte Ramsey está prestes a começar um novo ano, desta vez nos EUA, na cidade onde nasceu. Ela sempre viveu viajando com o pai e agora ela esperar passar sossegar um pouco mais. Para Charlotte, o primeiro dia em uma nova escola sempre trouxe problemas e dessa vez não foi diferente. O fato da professora querer manter o grupo de meninas em que ela está na hora do almoço não está dando certo para ninguém, até que uma das meninas, Katani, sugere que ela, Charlotte, Maeve e Avery passem uma noite juntas. Se elas não conseguirem lidar bem umas com as outras durante esse tempo, estão liberadas para mudarem de lugar no almoço. Assim, elas resolvem passar a noite de sábado na casa de Charlotte, e durante esse tempo, vão descobrir, além de um lugar fascinante na Torre (justamente onde Charlotte não tem permissão para ir), muito mais sobre si mesmas. Assim surge o novo grupo das Garotas da rua Beacon.

AMEI esse livro. Faz muito tempo que eu estava atrás dessa coleção, talvez por causa da capa que é toda colorida e tem aquela vibe de livro infantojuvenil (eu aprendi a não ignorar esses “sinais” depois da coleção do Diário da princesa), talvez por que eu ando catando livros leves (a leitura e teorias enlouquecedoras dos novos rumos da história das Crônicas de Gelo e Fogo fazem você buscar coisas divertidas e simples), o fato é que eu simplesmente adorei essa história, me senti cativada por ela. Li em uma tarde, não consegui largar, dei umas boas risadas e não consegui me conter, já fui atrás do segundo livro. Completamente recomendado.

21 de abr de 2017

A Guerra dos tronos (George R.R. Martin) – 52 Weeks Project


Título: A Guerra dos tronos graphic novel vol. 2
Autor: George R.R. Martin
Mês: Abril
Editora Casa da Palavra, 240p.

Tyrion Lannister ainda está na Muralha e no seu caminho de volta para Porto Real, é surpreendido por Catellyn Stark e feito prisioneiro, sendo levado para o Ninho da Águia. Enquanto isso, em Winterfell, Bran já está acordado e tenta se acostumar com o fato de que nunca mais irá andar. Seu pai em Porto Real tenta descobrir o mistério que cerca a morte de Jon Arryn e é levado a conhecer um dos bastardos do rei Robert, tentando estabelecer as conexões entre os fatos. De volta a Muralha, Jon Snow está se adaptando a sua nova vida, enquanto além do Mar Estreito, no mar dothraki, Daenerys está tomando consciência do que seu irmão Viserys realmente é.

Essa HQ continua do ponto onde o primeiro volume parou. O trabalho primoroso continua, tanto na seleção dos capítulos de A guerra dos tronos que são retratados no volume, quanto na qualidade das ilustrações e do colorido. No final, estão incluídos os esboços e rascunhos dos desenhos, assim como textos explicativos dos editores e ilustradores. Quando o livro/ HQ/ ebook que estou lendo é tão bom, eu tenho mania de correr e começar a ler logo a continuação, nem que seja um pouquinho. Com essas HQs estou conseguindo me controlar porque quero ter surpresa, mesmo sabendo muito bem qual será o final da história. Recomendo para todos os fãs da série.

17 de abr de 2017

Uma pitada de amor (Katie Fforde) – IDY 2017


Título: Uma pitada de amor
Autora: Katie Fforde
Mês: Abril
Tema: Romance proibido
Editora Record, 400p.

Zoe Harper está na Inglaterra para participar de um reality show de culinária, cujo prêmio em dinheiro pode ajudar e fazer com que ela finalmente abra a sua própria delicatéssen. Mas a medida que o reality vai acontecendo, ela percebe que não vai ser fácil. Cher, sua concorrente, não conhece limites para chegar a final e levar o prêmio, mesmo que para isso ela precise ficar num jogo de conquista com os jurados. Tudo piora para Zoe quando ela percebe que está se apaixonando por um dos jurados, Gideon Irving. Mas óbvio que ela não pode se envolver com ele, mesmo quando tudo parece estar contribuindo para isso, os dois tem muito a perder. É quando Zoe percebe que tem muito mais coisa em jogo do receitas de doces e técnicas de corte.

Livros desse gênero (chick-lit) são sempre um desafio, porque apesar de me fazerem rir das confusões em que a protagonista se mete, eu não curto muito o romance nas histórias. Apesar disso, eu curti bastante a leitura deste livro por causa da competição culinária, acho bacana assistir algumas competições do tipo na TV (não é frequente que eu assista) e desde que li a série Chocólatras, comecei a apreciar livros com temáticas culinárias. Como todo chick-lit que eu começo a ler bem reticente, depois que pega o embalo, vale bem a pena.

14 de abr de 2017

Os arquivos perdidos (Pittacus Lore) – 52 Weeks Project 2017


Título: Arquivos perdidos: a traição do número Cinco
Autor: Pittacus Lore
Mês: Abril
Editora Intrínseca, 150p.

O número Cinco vive com os mogs, aprendendo com eles e com o Grande Livro as razões para a invasão da Terra e a destruição de Lórien. Ele é levado até o número Nove, prisioneiro dos mogs, e descobre muita coisa sobre esse lorieno, estudando-o para poder matá-lo quando chegar a hora, e o que ele descobre o deixa com muito ódio. Cindo é testado e vai descobrindo sobre o destino e o paradeiro dos outros, enquanto percebe que ele agora já não é mais “imortal”, que sua vida não depende mais de seu número. Até que a base mogadorina é atacada e Cinco precisa de uma vez por todas provar onde está sua lealdade.

Eu sou o Número Cinco, o braço direito de Setrákus Ra.

Em uma frase, você pensa que já sabe toda a história… No início, eu achei que esse conto vinha antes de A vingança dos sete, mas na verdade ele vem antes de A queda dos cinco, quando o número Cinco ainda não conhecia ninguém da Garde. Considerando que eu já li os dois livros mencionados acima, foi interessante de ver como Cinco era, com toda a lavagem cerebral feita pelos mogs, e como ele ficou depois do que aconteceu… Fica bem fácil ver o motivo da sua antipatia em relação ao número Nove, porque ele nunca fez questão de se dar bem com ele quando começou a ser bem tratado pelos outros. O final, como sempre, foi enlouquecedor. Recomendo.

10 de abr de 2017

As aventuras de Tom Sawyer (Mark Twain) – IDY 2017


Título: As aventuras de Tom Sawyer
Autor: Mark Twain
Mês: Abril
Tema: Clássico
Editora Martin Claret, 270p.

Tom é órfão e vive com a sua tia Polly e com os seus primos. Ele adora faltar a escola, e sua tia acha que arrastá-lo para a Igreja vai corrigi-lo. Ele se apaixona pela sua nova colega, Becky Thatcher, e seu pequeno romance parece estar indo bem até que Becky se zanga com ele. Na mesma noite, ele foge de casa acompanhado de Huckleberry Finn. Os garotos vão para o cemitério e acabam testemunhado o roubo de sepulturas por parte do índio Joe, o Dr. Robinson e Muff Potter. Acontece uma discussão e Joe mata o doutor, aproveitando para incriminar Potter, que estava desmaido de bêbado. Quando acorda, ele acha que realmente cometeu o crime e foge. Huck e Tom decidem ficar quietos, mas o corpo e a arma do crime são encontrados, levando a Potter. No dia seguinte, os dois meninos percebem que a cidade inteira os procura e crê que eles morreram afogados. Eles levam a farsa adiante, mas depois se arrependem e resolvem voltar para casa. O julgamento de Potter se aproxima e Tom resolve contar a verdade, mas Joe foge. Ele é encontrado morto e Huck e Tom se tornam heróis da sua cidade.

Uma história bem divertida que eu li bem rápido. Devia ter lido primeiro este livro e depois As aventuras de Huckleberry Finn (que eu li ano passado), mas essa mudança não influenciou em nada na minha leitura. Na verdade, pareceu até que a história já me era familiar. Não tenho muito mais o que falar, só que eu gostei bastante. Indico.

7 de abr de 2017

Amberblades e a herança (Gisele Bizarra) – 52 Weeks Project 2017


Título: Amberblades e a herança
Autora: Gisele Bizarra
Mês: Abril
Editora Clube de Autores, 521p.

Brynhild está sendo perseguida quando Lena e Yamarin a salvam. A jovem não aguenta mais ter o mesmo pesadelo. Em seu encontro com Maron, ela descobre que estão tentando roubar os desenhos das armas muito poderosas que atiram cristais elementais, e que as criaturas que atacam ela e sua mãe nos pesadelos estão atacando cidades. Brynhild acaba sofrendo um ataque e é salva por um anjo, Xariel, descobrindo também que as tais armas servem para caçá-la, pois ela é descendente de Lena e Joh, os primeiros amberblades. Xariel descende de Yomiko e Azazel e Maron lembra de quando falavam que esses frutos dessas descendências se reconheceriam como o sol e a lua de cada um. Maron se une aos dois e assim surge os novos amberblades, que irão lutar para acabar com a ameaça que transformou o mal na doença que exterminou os dragões e que está afetando todas as raças.

O segundo livro da série Amberblades não fica em nada a dever ao segundo (só quero ver se o terceiro vai superar o segundo). Gostei da leitura, conseguiu me prender de tal forma que eu só larguei depois que terminei e isso é MUITO difícil quando se trata de ebook. De início, achei que seria uma continuação das aventuras dos primeiros amberblades, então fiquei meio perdida quando vi que os personagens eram diferentes, mas talvez tenha sido isso que me prendeu a atenção. Muito recomendado.

5 de abr de 2017

Meu monstro de estimação (Dick King-Smith) – IDY 2017


Título: Meu monstro de estimação
Autor: Dick King-Smith
Mês: Abril
Tema: Passa na Escócia
Editora Galera Record, 111p.

Em 26 de março de 1930, uma tempestade atingiu a costa oeste da Inglaterra. No dia seguinte, Kirstie, sua mãe e seu irmão Angus descem para a praia e acabam encontrando um ovo de um animal que eles não fazem ideia do que seja. Eles levam o animal para casa e começam a cuidar do filhote quando o ovo eclode. O avô de Kirstie e Angus, Resmunga, descobre que o animal é um kelpie que mais tarde eles chamam de Crusoé. Eles cuidam do animal e tentam de todas as formas mantê-lo escondido. O único problema é que o cavalo-do-lago não para de crescer.

Foi uma dificuldade imensa encontrar um livro para esse tema do IDY. Geralmente é assim porque eu não gosto de ler qualquer coisa. Pesquisei, pesquisei e só encontrei esse porque lembrei de livros adaptados. Revi o filme um dia desses e aí percebi que eu podia ler o livro, que eu queria faz bastante tempo. Não vou me prender a comparações entre o livro e o filme, até porque para fazer isso teria que ver a adaptação novamente (gosto de prestar atenção aos detalhes). O livro é bem infantil, li durante uma tarde e foi uma delícia de leitura, bem leve e agradável. Recomendo.

3 de abr de 2017

A fera em mim (Serena Valentino) – DL L&T 2017


Título: A fera em mim
Autora: Serena Valentino
Mês: Abril
Tema: Livro da editora Universo dos Livros
Editora Universo dos Livros, 190p.

A Fera nem sempre foi uma fera. Antes, ele foi um homem, um príncipe arrogante, metido, ignorante, orgulhoso, que não se importava com ninguém. Seu melhor amigo, Gaston, é um grande companheiro de caça, cuja arrogância é igual a do príncipe. Quando decide se casar, sua escolha recai em uma moça belíssima, mas sua verdadeira natureza egoísta se revela quando ele descobre que ela não passa de filha de um criador de porcos. O “amor” do príncipe pela moça termina, mas Circe, seu nome verdadeiro, aparece para lhe dar uma nova chance. Quando ele recusa, ela e suas irmãs bruxas o amaldiçoam e ao castelo: ele se transformaria em uma fera e o feitiço só teria fim quando ele se apaixonasse de verdade e alguém o amasse em retorno, sem ligar para sua aparência. Elas lhe dão um espelho para observar tudo que acontecesse fora de seus domínios e uma rosa, cuja última pétala caída sinalizaria o limite de seu tempo para amar e ser amado. Quando nada acontecesse e achando que tudo não passou de um pesadelo, o príncipe resolve procurar outra moça com quem pudesse se casar. Seus parâmetros de escolha não mudaram: a moça deve ser linda e maleável, disposta a atender todos os seus desejos. No entanto, a maldição finalmente se completa. Um tempo depois, Bela já é sua prisioneira e ele aposta que ela possa ser sua salvação. Quando as bruxas percebem que ele se apaixonado e sendo correspondido, elas impedem Circe de ajudar a fera e continuam atrapalhando o caminho dos apaixonados.

Pode o amor transformar alguém tão profundamente?

Quando eu vi a capa desse livro e a sinopse, achei que a história mostraria um novo ponto de vista da história de a Bela e Fera, tendo como enredo o que é mostrado no filme da Disney. A história parte sim de um novo ponto de vista, o da Fera, e tem alguns personagens novos, e também tem o filme como pano de fundo, o interessante é como a autora, Serena Valentino, utiliza isso para dar um embasamento para o que ela escreve sem copiar tudo. Não é que o livro traga a visão da Fera dos acontecimentos exatamente como aconteceu no filme, porque os personagens novos que ela insere (as três bruxas que ficam torcendo para que o príncipe continue como Fera, por exemplo) fazem toda a diferença. Melhor surpresa: Gaston e Fera foram amigos (!!!). A história da Disney fica bem como um pano de fundo bem no fundo, e o que ela conta mostra mais algumas coisas que vão complementar o que vemos no filme, por isso achei o livro uma boa pedida para quem gosta de contos de fadas. Tinha minhas dúvidas, apesar de amar o tema, mas agora quero muito ler os livros seguintes, que falam de Malévola e Úrsula. Indicado totalmente.

31 de mar de 2017

Forgotten lyrics (Amanda Hocking) – 52 WP 2017


Título: Forgotten lyrics
Autora: Amanda Hocking
Mês: Março
Editora St. Martin's Griffin, 54p.

Daniel não quer sair com o barco do avô, mas seu irmão John insiste. Quando ele vê uma garota nadando, praticamente no meio do oceano, o barco por pouco não a acerta, mas vira e acerta as rochas. Daniel tenta ajudar as garotas que os acompanhavam enquanto procura pelo irmão que sumiu. Ele vê uma luz e segue em sua direção, sem perceber que o barco, antes preso nas rochas, está se soltando e caindo na água em sua direção. Ferido pela lâmina do motor, Daniel perde a consciência. Ele é salvo por Aggie, que decide salvá-lo, apesar do seu objetivo inicial ter sido escapar das irmãs (se a encontrarem, as perguntas serão muito incômodas e Aggie não irá gostar de responder nenhuma delas). Ela acaba indo pedir ajuda a Lydia, que faz parte de uma família mágica, mas que não tem poder nenhum. A vida desses três personagens se cruza e essa união irá ter um impacto muito forte não só na vida deles, mas também na vida de uma cidade inteira.

Eu não me lembro de muita coisa do livro Despertar então foi complicado situar os personagens desse ebook, além do Daniel (tive que reler o primeiro livro dessa série). Gostei bastante. A história é bem pequena e mostra um pouco de acontecimentos de antes do primeiro livro, consegue complementar a história do primeiro livro. Indicado.

24 de mar de 2017

The house of the Stone (Amy Ewing) – 52 WP 2017


Título: The house of the Stone
Autora: Amy Ewing
Mês: Março
Editora Walker, 70p.

Raven Stirling é uma das garotas vendidas no leilão para uma das matronas da nobreza que pagam para jovens mulheres terem seus filhos. A partir do momento em que a Lady de Pedra a vê, faz de tudo para compra-la, e Raven percebe desde o início que a sua vida não vai ser fácil. No palácio da Condessa, ela descobre que a mulher está mais interessada em fazer experimentos com seu corpo do que propriamente engravidá-la. Raven, longe de mostrar passividade, acaba apanhando mais por isso, odiando todos e esperando por uma chance de fuga. Até encontrar Violet de novo e falar com ela, Raven percebe que terá que aguentar sozinha os maus tratos, sem poder confidenciar em ninguém, nem mesmo na amiga.

Gostei bastante desse ebook justamente por que é uma parte da história de A jóia da perspectiva da Raven. Desde que li o primeiro livro dessa série, tive a impressão de que essa personagem seria a mais revoltada quanto a vida que as garotas como ela levam e não deu outra. Em algumas partes da história confesso que EU fiquei revoltada e depois de ler isso, lembrando do final do primeiro livro, não vejo a hora de começar a ler o segundo. Uma leitura complementar bastante recomendada.