16 de jan de 2017

A princesa e o cavaleiro vol. 1 (Osamu Tezuka) – IDY 2017


Título: A princesa e o cavaleiro vol. 1
Autor: Osamu tezuka
Mês: Janeiro
Tema: Mangá
Editora JBC, 98p.

Graças a uma trapalhada de seu anjinho protetor e a uma confusão de conselheiros reais, a princesa Safiri é anunciada como menino. Uma lei rígida do reino da Terra de Prata afirma que quem deve assumir o trono é um homem, assim, por toda sua vida, Safiri é obrigada a se passar por homem, o que se torna bem difícil, pois seus inimigos vivem armando para descobrir seu segredo. Após um acidente que tira a vida do rei, a jovem é obrigada a sustentar a mentira, enquanto lida com aqueles que querem destruí-la.

Desde que li o gibi da Turma da Mônica Jovem que reunia os personagens de Maurício de Souza e os de Osamu Tezuka, fiquei muito curiosa sobre alguns deles, principalmente sobre as histórias do leãozinho Kimba e da princesa Safiri. Consegui os oito volumes deste mangá em um troca e desde então estava esperando uma oportunidade para ler. Mesmo tendo lido somente o volume um, já percebi que vou gostar da história porque Osamu consegue cativar. A princesa é cativante, o anjinho é foto e os inimigos acabam sendo bem hilários. Adorei e não vejo a hora de dar continuação a essa história.

13 de jan de 2017

A coroa de Ptolomeu (Rick Riordan) – 52 WP 2017


Título: A coroa de Ptolomeu
Autor: Rick Riordan
Mês: Janeiro
Editora Intrínseca, 78p.

Percy e Annabeth estão tentando entrar em contato com os irmãos Kane para avisar que Setne está de posse do Livro de Tot, um livro de feitiçaria muito poderoso, com o intuito de se tornar imortal. Ao tentarem impedir Setne, eles acabam sendo descobertos. Ao conseguir a coroa do Baixo Egito, Setne tenta matar os dois, mas Sadie e Carter aparecem para ajudá-los. Agora, os quatro irão se juntar para evitar que Setne consiga a coroa do Alto Egito e com ela se torne um deus imortal.

Apesar de não ter terminado os livros de Percy Jackson e ter me desfeito dos livros dos irmãos Kane, eu gosto desses pequenos contos onde os quatro jovens se unem. É bom ver as semelhanças entre as duas histórias através das personalidades de seus respectivos personagens. Além disso, ler as aventuras desses personagens sempre me faz rir horrores, e esse ebook não foi diferente. Indicado.

11 de jan de 2017

Nova edição de Animais fantásticos e onde habitam

Eu já andava me perguntando se e quando sairia uma nova edição de Animais fantásticos e onde habitam, de J.K. Rowling. Achei que seria lançado (se acontecesse) na época do filme, mas a notícia só saiu semana passada no Potterish e me deixou muuuuito feliz. Seguem informações sobre o lançamento:


"Programado para chegar às livrarias em inglês no dia 14 de março, seis novas criaturas estarão presentes no livro; sua primeira edição já contava com mais de 80. “Não vamos arruinar a surpresa de quais criaturas serão, vamos apenas dizer que poderão haver alguns rostos familiares. Ou focinhos. Ou bicos”, relata o Pottermore, coração digital do Mundo Bruxo. “Como qualquer outro autor aplicado, J.K. Rowling revisitou o texto original para ajustá-lo aos desenvolvimentos recentes do Mundo Bruxo.” 
Na edição anterior, o prefácio era assinado pelo Professor Alvo Dumbledore, mas desta vez será do próprio autor, o Magizoologista Newt Scamander. As ilustrações, por sua vez, ficam por conta do artista Tomislav Tomic. 
Para o livro digital, que será vendido no Pottermore, o artista Olly Moss ficou responsável pela criação da capa, enquanto as edições impressas da Bloomsbury (Reino Unido) e da Scholastic (Estados Unidos) têm suas próprias artes (acima)."

Como no caso da primeira edição, os royalties do livro irão para a Comic Relief e para a Lumos, instituições que trabalham na melhoria da vida de crianças e jovens vulneráveis pelo mundo.  

9 de jan de 2017

Organizando minhas leituras: Blog Planner – Parte 2

Então, sobre o meu Blog Planner.


Desde que entendi no que consistia um blog planner, vi que muitas das opções incluíam categorias que não me interessavam muito, como por exemplo a folha de dados pessoais e a de Senhas (eu tenho uma agendinha só para isso). Depois de pensar no que seria necessário para esse ano de 2017, escolhi usar o Calendário Editorial, o Planejamento Semanal e a seção de Metas.
Fiquei na dúvida entre várias opções até finalmente escolher os inserts do The handmade home. Até porque eu estou testando, se conseguir usar esse ano sem problemas, vou continuar nos anos seguintes. 





Como irei continuar o desafio I Dare You e entrei também no 52 Weeks Project, imprimi também os planners disponibilizados no Estante de desafios. O desafio Livros & Tal 2017 vai ficar na seção de metas, já que não tem um planner específico. 


Depois de imprimir tudo, eis o resultado:


Essa primeira capa é aleatória. Eu queria uma capa "geral", porque não vou ficar montando todo ano um planner, minha intenção é usar somente os inserts que me interessarem, então queria uma capa que ficasse para o caderno que será o planner, e cada ano terá a sua capa específica. Também já anotei nos inserts dos projetos os títulos que selecionei para ler. Encadernei e já comecei a usar. Vamos ver como me saio usando um Blog Planner pela primeira vez.

6 de jan de 2017

O medalhão mágico (Mariana Lucera) – 52 WP 2017


Título: O medalhão mágico: a cidade perdida
Autora: Mariana Lucera
Mês: Janeiro
Editora Amazon, 326p.

Emy está de volta em casa, em São Francisco, com a mãe. A menina sente muitas saudades do reino de Damantiham e das pessoas que conheceu Sem conseguir estudar para a prova do dia seguinte, ela começa uma leitura aleatória e acaba descobrindo um papel com símbolos egípcios. No dia seguinte, seu ônibus escolar sofre um acidente, mas Emy desconfia por que o caminhão tanque que provocou tudo foi direcionado por uma cavalaria de corcéis negros ao ônibus escolar. O desespero toma conta dos alunos ainda mais por causa da ameaça desses cavaleiros medievais, e Emy de da conta de que estão lá por ela. A garota se salva, mas alguns colegas não tem sorte, e assim, Julie descobre que sua filha está em perigo. Ao se recuperar, Emy vai atrás do amigo do pai que sabe ler e entender os símbolos egípcios, pois ela sempre quis entender no que deu a expedição de seu pai em que ele “morreu”. A menina descobre que seu pai lhe deixou um livro estranho, objeto pelo qual agora ela está sendo caçada. Ao receber um recado de seu guardião para que refugiasse em Atlântida, Emy se junta aos seus amigos e parte para a cidade desaparecida, onde irá ajudar a filha de um sacerdote a destruir uma fabricação de cristais que pode destruir o continente inteiro.

O segundo livro da tetralogia O medalhão mágico é melhor do que o primeiro. Apesar de ficar meio confusa com tantos novos personagens e tantas novas realidades alternativas, gostei do ritmo, a narrativa não pára, foi difícil largar a leitura porque eu queria saber logo a relação entre os acontecimentos e o pai de Emy, além de imaginar mil teorias sobre o pai príncipe de Hank... Foi a primeira vez que acerto uma teoria de cara. A surpresa ficou por conta da relação entre Jordan e Elsoris. A história fica mais interessante a partir da metade do livro. Recomendo.

4 de jan de 2017

Desafios para 2017

Mais um ano com desafios literários a cumprir. Sem exageros, dessa vez, porque perdi a conta de quantas vezes, ano passado, eu achei que fosse desistir no meio do caminho. Continuam sendo quatro desafios, mas agora mais flexíveis, cujas leituras podem servir para todos ou pelo menos dois dos desafios.


Resolvi continuar no I Dare you, da Mari Martelote, do Maravilhosas descobertas, e vou participar pela primeira vez do 52 weeks Project, que a Isabelle Felício, do Estante de desafios, irá tocar para a frente junto com a Mari.

 

Além do I Dare You, eu continuo no Desafio Literário Livros & Tal, que o blog Livros & Tal vai continuar em 2017. 


Também participo pela primeira vez do Desafio dos 100 livros em um ano. A participação se dá somente pelo grupo no facebook. Apesar da quantidade, o desafio é livro, pode-ser quantos livros quiser, basta ler.

2 de jan de 2017

Organizando minhas leituras: Blog Planner – Parte 1

2017 está aí, e com ele mais livros e mais leituras. Esse ano irei participar novamente de alguns desafios literários, então estava procurando uma forma de organizar não só as leituras mas também as postagens das resenhas. Enquanto procurava informações sobre como fazer meu caderno de organização de leituras (sobre o qual eu falo no blog Meu Cantinho Literário), me deparei na internet com uma variedade enorme de Planners e Blog Planners
O Planner é uma agenda personalizada com várias categorias para organizar sua vida e suas tarefas, das mais básicas até as mais complicadas. O Blog Planner é uma variação dessas agendas. Voltada para blogueiros, ela tem várias categorias que ajudam na hora de postar resenhas, notícias e todos os posts do seu blog. 
Eu achei muitos, mais muitos MESMO na internet, tanto lojas que vendem quanto blogueiras e pessoas que trabalham com scrapbook e artesanato. Tem uma variedade enorme de blog planners printáveis, ou seja, prontos para imprimir e usar. A maioria deles é em inglês e geralmente as blogueiras só pedem como "pagamento" para fazer os downloads que você assine a newsletter (vc recebe um email pra confirmar a assinatura e a senha pra acessar a seção de "printables" no site) ou compartilhe o post numa rede social (o download é liberado automaticamente). 
Alguns blogs são especificamente de 2017:





Outros não tem datas, podem ser usadas para qualquer ano.



Alguns outros sites liberam para download os componentes do planner separados, como o calendário editorial, metas, planejador mensal, semanal ou diário, lista de redes sociais e por aí vai.



Além desses que citei, tem muitos, MUITOS mais pela internet. Eu fiz o download de alguns e guardei para os anos seguintes. Desnecessário dizer que NADA do que é disponibilizado deve ser comercializado. No próximo post eu mostro qual eu escolhi para usar.

30 de dez de 2016

Um cântico de Natal (Charles Dickens) – IDY 2016 e DL L&T 2016


Título: Um cântico de Natal
Autor: Charles Dickens
Mês: Dezembro
Tema: Se passa no Natal
Editora Landmark, 144p.

O velho Ebenezer Scrooge é um proprietário pão duro, mesquinho e egoísta que só gasta dinheiro com o que julga necessário, sem nunca oferecer conforto ou ajuda de bom grado a quem precisa. Na véspera de Natal, ele recebe a visita de três fantasmas, que irão lhe mostrar visões do passado, presente e do futuro que lhe aguarda caso ele não mude sua conduta e filosofia de vida.

Eu já perdi a conta de quantas versões desta história eu já vi por aí. Desde livrinhos infantis até filmes da Disney, onde o pão-duro é sempre o Tio Patinhas (que surpresa :P ) que fiquei abismada comigo mesmo pelo tempo que me levou ler a versão original da história. Fazia tempo que eu estava atrás desse livro, consegui numa troca e quando finalmente li, eu amei, tanto que me deu vontade de ir atrás dos meus antigos gibis e filmes para ver tudo de novo. Leitura mais do que apropriada para essa época do ano. Recomendadíssimo.

28 de dez de 2016

Livro de marcar livros – RC 2016


Título: Livro de marcar livros
Mês: Dezembro
Tema: Sobre uma lista de leitura
Editora Verus, 200p.

Um livro para anotar todos os livros que já se leu, separando-os e organizando-os. Além disso, este livro também traz uma lista de vencedores de alguns dos mais famosos prêmios literários que já existem. Listas de livros desejados, que já leu, que abandonou, para ler em determinados dias,... Listas que não acabam mais, ou seja, não tem escapatória, você sempre terá algum livro para alguma lista rsrsrs Adorei e recomendo.

26 de dez de 2016

Um ano inesquecível (Babi Dewet, Bruna Vieira, Paula Pimenta e Thalita Rebouças) – RC 2016


Título: Um ano inesquecível
Autoras: Babi Dewet, Bruna Vieira, Paula Pimenta, Thalita Rebouças
Mês: Dezembro
Tema: O livro 16 na TBR (To Be Read)
Editora Gutenberg, 400p.

Enquanto a neve cair, de Paula Pimenta, conta a história da Mabel, uma adolescente que planejava passar as férias com as amigas e o seu amor platônico na esperança de ficar com ele. Mas seus planos vão por água abaixo quando os pais a obrigam a viajar junto com eles. Mabel se irrita e se mete em várias confusões, até conhecer Ben e começar a perceber que o que deixou pra trás não está fazendo mais falta.
Babi Dewet, em O Som dos sentimentos, fala de Ana Julia, uma menina que odiava música porque seu nome saiu da famosa música homônima da banda Los Hermanos. Ana adora podcsts, ela os ouve o tempo todo no caminho para o seu estágio em um escritório de advocacia. Seu pai achou que era uma boa ideia, já que o sonho dela era ser advogada. Mas agora Ana Júlia não tem mais certeza do que quer, e a convivência com o jovem estudante de música João Paulo faz com que ela aprenda a viver e saia dessa zona de conforto que é sua vida planejada.
A matemática das flores, de Bruna Vieira, fala de Jasmine, que está para ser reprovada em matemática e por isso seu professor convence a mãe dela de que umas aulas extras resolveriam o problema. Além de ter que lidar com o fato de que terá que aturar o professor chato em horários extras, ela também se mete em problemas com as garotas insuportáveis de sua sala. Sua vida melhora um pouco quando o professor chato é substituído por um carinha lindo e super gente boa que ela já havia visto no metrô.
O último conto, Amor de carnaval, de Thalita Rebouças, fala de Tati e suas amigas que passam a ser perseguidas por paparazzi quando o irmão de Tati começa a namorar uma funkeira famosa. A medida que o namoro segue, Tati, Inha e Kaka são convidadas para passar o Carnaval no camarote da Marquês de Sapucaí, onde Inha conhece uma cara lindo que, ela não sabe, é ex-namorado da top do momento. Agora a menina vai ter que se virar pra escapar da atenção indesejada.

Um livro em que eu me arrastei na leitura em alguns momentos. Pode parecer horrível dizer isso, mas o conto que eu gostei mesmo foi o da Paula Pimenta. Das quatro escritoras, eu já conhecia o estilo da Paula e da Thalita, então surpresa mesmo foram os contos da Bruna e da Babi, pois foi a primeira vez que li algo delas. As histórias são boas e captam o interesse do leitor, apesar de algumas narrativas serem um pouco arrastadas. De qualquer forma, valeu a pena. Recomendo.