21 de abr de 2016

Mogli - o menino lobo (2016)

Inaugurando a nova seção sobre Filmes e Séries, uma das melhores adaptações live action da Disney:  Mogli, o menino lobo.


Em 2014, foi lançado um remake muito elogiado da história da Bela Adormecida, Malevóla, que centrava na vilã da história. Um filme muito elogiado não somente por apresentar uma nova faceta de uma das bruxas mais odiadas dos contos de fadas, mas por ter Angelina Jolie no papel principal, então eu tive certeza de que os próximos filmes live action dos clássícos da Disney seriam maravilhosos. Cinderela, lançado ano passado, não decepcionou.
Este ano foi a vez de Mogli - o menino lobo. Baseado no livro de Rudyard Kipling, o filme conta a história de Mogli, um menino que foi encontrado na selva pela pantera Baguera e que é criado por lobos. Mas a ameaça constante do tigre Shere Khan faz com que seus amigos decidam que seu lugar é junto aos de sua espécie. No caminho para o vilarejo, Mogli enfrenta muitos desafios e encontra novos amigos, incluindo o urso Baloo, enquanto descobre a verdade sobre seus pais e aprende a aceitar sua própria humanidade.


O filme tem cenas maravilhosas, como esta em que Mogli e Baguera começam sua jornada. A presença marcante do tigre ameaçador é sentida no filme inteiro, e a cena em que ele finalmente dá as caras é ótima. 


A cena em que Baguera e Mogli se curvam perante os elefantes é linda:


O encontro que eu mais ansiei em ver e não decepcionou, principalmente ao som de "Eu uso o necessário. Somente o necessário. O extraordinário é demais":


A melhor cena do filme inteiro, para mim, foi essa (eu não vou dizer que parte foi), e só lamento que não tenham dado voz ao Coronel Hathi (que eu aposto que é esse do centro):


Eu acho que o mérito do sucesso de filmes desse tipo recai, em grande parte, ao elenco. Enquanto o personagem principal ficou a cargo de Neel Sethi, as vozes que deram vida aos personagens selvagens não decepcionam nem um pouco.
Idris Elba conseguiu demonstrar muito bem o foco que o roteirista Justin Marks quis dar ao ódio que Shere Khan nutre pelo homem. Do mesmo jeito, Ben Kinsgley e Scarlett Johansson estão perfeitos como Baguera e a cobra Kaa. Lupita Nyong'o e Giancarlo Esposito estão ótimos como os pais lobos de Mogli, Christopher Walken ficou ótimo como Rei Louie e Bill Murray parece ter nascido para interpretar Baloo.


   


    

Mogli - o menino lobo é um filme maravilhoso, com muita ação, aventura e emoção embalados por uma trilha sonora linda que faz você querer chorar (sim, eu lagrimei em algumas partes). Amei terem mantido a canção original dos personagens e a versão instrumental da música do Baloo é linda. Valeu a pena a ida ao cinema e me deixou com vontade de ver de novo. Ah! E é claro que eu já tenho a versão instrumental de "The Bare Necessities" no meu celular :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário