11 de abr de 2016

Letícia e o cristal de Naranda (Alexandre Estereiro Nascimento) – DL 2016


Título: Letícia e o cristal de Naranda
Autor: Alexandre Estereiro Nascimento
Mês: Abril
Tema: Nome de pessoa na capa
Editora Mondeglieri, 330p.

Letícia continua em busca dos medalhões de Lungore. Com a ajuda do leflim Angus e de sua companheira Zabete (prima de Angus), Letícia parte com Nick, agora um famoso cantor, e Laila para as profundezas do Oceano Atlântico, em direção ao Triângulo das Bermudas, um lugar completamente perigoso que ao longo do tempo serve de túmulo para muitas embarcações e navegantes. Com a ajuda do capitão Cornélius Van Drebbel, eles partem para a cidade submersa de Naranda, lar original das sereias que vivem no porão da Sra. Ventríglio. Letícia deve não somente encontrar os medalhões que faltam, mas também proteger o cristal de Naranda, pedra que encerra um poder milenar, e evitar que caia nas mãos do perigoso Galankor Zephiro.

O primeiro livro dessa série foi muito legal e o segundo não decepcionou. Até porque dessa vez a história foi centrada nas sereias, minhas criaturas míticas favoritas. A história corre, até por causa da ação, o ritmo é acelerado na maior parte do livro, mas mesmos nas partes lentas, a história não consegue ser maçante. Confesso que fui fazer algumas pesquisas e descobri que me enganei sobre o capitão do submarino Argo (eu achava que tinha algo a ver com Vinte mil léguas submarinas, mas na verdade o capitão Van Drebbel foi o inventor do primeiro submarino navegável). Ansiosa para ler os livros restantes da série.

Nenhum comentário:

Postar um comentário