29 de abr de 2012

Queria tanto (Livia Brazil)


Título: Queria tanto
Autora: Livia Brazil
Editora Benvirá, 216 p.

Alice Maria tem 22 anos, é cenógrafa e mora sozinha. Ela é louca por Gabriel, um dos caras do grupo de teatro. Até aí, tudo bem. O único (e grande) problema é que Gabirel é gay. Não bissexual, gay mesmo. Mesmo assim, ela não consegue esquecer o cara. Ela quer muito que o Gabriel pare de pegar todo mundo e fique com ela, mas sabe que isso não tem a menor chance de acontecer (mesmo que a relação entre eles seja bem intensa...). Em uma festa no bairro da Lapa, um carinha lindo pede pra ficar com ela, mas Alice nega querendo se manter “fiel” a Gabriel. Ela fica louca de raiva depois, é claro, mas não adianta nada. Em uma viagem com seus amigos pra Búzios, ela encontra o mesmo carinha, Rodrigo. No início, finge que não o reconheceu, mas ele corta seu barato afirmando que se lembra dela. Após uma despedida torta, Rodrigo liga pra ela e Alice, como se quisesse tirar a prova de seus sentimentos, passa mais uma noite com Gabriel. Satisfeita com o resultado, começa a sair com Rodrigo e demonstra querer algo bem mais intenso, enquanto ele se mostra um romântico. Só existe um problema: Alice tem medo de compromisso. Será que isso vai esfriar seu rolo com Rodrigo ou a jovem finalmente vai aprender a valorizar uma relação séria? 

Adorei o livro por vários motivos: o livro é em forma de diário, a leitura é simples, a narrativa é prá lá de divertida e é minha primeira vez participando de um booktour!!!!!. Rodrigo é pra lá de fofo, na mesma medida em que Alice é super engraçada. Perdi a conta de quantas vezes me acabei de rir com suas colocações hilárias. Mas a melhor parte começa quando Rodrigo aparece. Na melhor citação de todo o livro, já dá pra ver o quanto ele é fofo: “Achei que era o cara mais sortudo do mundo quando te vi aquele dia na praia. Eu tinha que falar com você, porque não ia perder a chance de novo. Porque eu quero você desde aquele dia na Lapa. Entendeu?” A primeira coisa que pensei é que ela não poderia deixar escapar um cara desses. Amei a história toda. Livro muito recomendado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário