9 de mai de 2018

Parade’s end (2012)

Parade’s end é uma série da BBC que foi ao ar em 2012. Dividida em cinco episódios, a história é baseada no livro homônimo de Ford Madox Ford, e conta a história de Christopher Tietjens, sua mulher Sylvia e a jovem sufragista Valentine Wannop durante a Primeira Guerra Mundial. Enquanto Christopher vai lutar na França, Sylvia, a esposa infiel, fica com o (talvez sim, talvez não) filho do casal e Valentine lida com a saudede que sente de Christopher. A jovem já fez sua escolha, resta esperar para ver com quem ele vai querer ficar.


Faz tempo que me indicaram essa série e eu acabei vendo só por curiosidade, mas só agora resolvi falar sobre ele. Como a trama central gira em torno de três personagens e eu não tenho o livro para comparar, infelizmente, só tenho três coisas a dizer:

1-Christopher Tietjens é um dos melhores papéis de Benedict. A recusa em desgraçar a mulher que o tinha traído, a melancolia por não poder ficar com a mulher que queria... Essa complexidade de emoções que poucos atores conseguem demonstrar tão bem como ele fez não somente é o chamativo da série, mas o que prende atenção simplesmente pelo fato de você querer ver se em algum momento da vida dele ele será feliz.
2-Sylvia Tietjens: a personagem que eu achei que ia odiar do início ao fim, mas que acabou me surpreendendo. Uma hora odiava, outra hora sentia pena dela. O fato dela QUERER ser acusada de traidora, vadia e todas essas coisas pelo marido, sabendo que merecia realmente, porque só assim eles poderiam ter alguma chance, foi o que me fez ficar com pena. Confesso que na cena onde ele agarra ela, fiquei torcendo pra eles se acertarem e quis esganar aquele soldado desgraçado por entrar no quarto e atrapalhar tudo. Terminei a série sem conseguir me decidir sobre ela.
3-Valentine Wannop: não sei porque eu esperava tanto dessa personagem. Acho que por ser sufragista e tal, mas me decepcionei. Sei que ela amava o Christopher e ele também a amava, ele também não querendo se divorciar da Sylvia dificultou as coisas, mas ela tão rapidamente aceitar ser amante dele... não gostei. Ponto alto na cena entre ela e a mãe quando ela diz que vai virar amante do Christopher e a mãe não aceita.

A série é excelente mesmo e tem vários pontos altos. Outra cena que eu gostei é quando Christopher está falando da guerra com a Sylvia e como realmente é. Seja em livros ou séries ou filmes, o espectador vê bombas explodindo e pessoas morrendo, mas quando é o personagem falando, como se aquilo fosse real no momento em que estamos assistindo e tem alguém, que estava lá e viu e fez, descrevendo... Que cena ótma. No geral, uma série excelente. Eu só queria ler o livro pra comparar. E outra coisa: como a Rebecca Hall fica maravilhosa com roupas de época. Babei com TODO o figurino dela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário