24 de mai de 2017

Doctor Who (Tommy Donbavand) – DL L&T 2017


Título: Doctor Who: a mortalha da lamentação
Autor: Tommy Donbavand
Mês: Maio
Tema: Ficção científica
Editora Suma de Letras, 176p.

A TARDIS parou de funcionar, e Clara e o Doutor não sabem em que época estão. Enquanto isso, as pessoas estão vendo os rostos de seus mortos por toda parte. A repórter Mae Calllon vê a avó em uma mancha de café; o guarda Reg Cranfield vê o pai na névoa ao longo de uma estrada; o agente do FBR Warren Skeet vê o rosto do parceiro morto nas gotas de chuva no vidro da janela; o médico Andrew Ross vê a esposa morta em uma poça de sangue no chão... Aí o Doutor percebe que aquele dia não é um dia comum, é a manhã seguinte ao assassinato do presidente John F. Kennedy. E que os rostos são as Mortalhas, que se alimentam da tristeza alheia. Agora, Clara e o Doutor terão que achar uma forma de impedir que as Mortalhas consumam a humanidade, mesmo que para isso o Senhor do Tempo tenha que reviver memórias muito particulares e dolorosas...

Toda vez que eu leio algum livro do Doctor Who, eu tenho que fazer uma pesquisa na internet para verificar algum personagem ou acontecimento que eu suspeito que terá um alguma significância na história (nunca vi a série, então é preciso pesquisar. Dessa vez, eu quase acertei no aspecto do luto do Doutor). O livro, apesar do nome, não é tão obscuro quanto se poderia pensar, considerando o título, e isso é bom. Eu ri em algumas partes e fiquei completamente chateada em outras. Gostei da forma como os personagens se interligam, e do jeito como o Doutor soluciona a história. Mais um livro super indicado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário