16 de mar de 2016

O festim dos corvos (George R.R. Martin) – RC 2016


Título: O festim dos corvos
Autor: George R.R. Martin
Mês: Março
Tema: De autor que sente que deveria ler agora
Editora Leya, 641p.

Depois do Casamento Vermelho, os Starks parecem mesmo estar acabados. Robb e Catelyn mortos, Sansa nas mãos de Mindinho, Bran sumido na vastidão para além da Muralha e Arya em Bravos. Cada um deles terá que lidar com os perigos que encontrarem no caminho. No Norte, seus grandes senhores lutam entre si enquanto buscam vingança pelo que aconteceu aos seus parentes nas mãos dos Frey. Eles não sabem, mas uma mulher misteriosa e assassina que agora anda junto aos homens de Beric e Thoros de Myr também busca vingança... Em Porto Real, Cersei tenta se manter firme e forte como uma leoa do Rochedo deve ser, para proteger Tommen e enfim poder fazer o que sempre quis, governar. Suas decisões equivocadas e tomadas por medo de uma antiga profecia a levam a um caminho sem volta, e poderá lhe custar tudo aquilo que não está preparada para abrir mão, enquanto na Muralha Jon Snow, agora Senhor Comandante da Patrulha, precisa lidar com o irascível rei Stannis e sua feiticeira vermelha. Os homens de ferro, com Balon morto, agora precisam escolher um novo rei, que além de querer a cadeira de pedra do mar, também almeja o Trono de ferro. Longe de tudo isso, em Dorne, a população quer vingança pela morte de Oberyn. Aryanne, filha do príncipe Doran e sua herdeira, arma um golpe que dá errado e que poderá custar muito mais do que o rosto marcado de Myrcella.

Depois de A tormenta de espadas, confesso que não fiquei muito ansiosa para ler o que acontecia a seguir. Exatamente como aconteceu com a série, depois que eu vi o destino do Jovem Lobo (mais uma morte literária com a qual eu jamais irei me acostumar). Li esse livro na maior vagarosidade possível, Como eu vi a série antes de ler os livros, eu ficava me perguntando quais eram as asneiras que a rainha Cersei fazia pra causar tanta raiva nas pessoas. Esse livro deixou tudo muito claro. Apesar de ser uma personagem mal compreendida por alguns, e sim ter algumas ressalvas, ela não me cativa (apesar de, na última temporada, eu ter ficado com pena dela. Mas a pena passou rapidinho quando lembrei de Lady :’( ) Achei meio cansativas as partes de Arya também, e de Brienne. Mas as aparições de Lady Coração de Pedra, cortada da série (POR QUE RAIOS VOCÊ FAZ ISSO, HBO???) compensaram as partes chatas. Agora estou ansiosa para ler o livro seguinte, antes da nova temporada começar. Como toda a série de Martin, recomendo. E mesmo que, como eu, você se desanime depois do Casamento Vermelho, continue. Vale a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário