22 de mai de 2015

A Kiss in time (Alex Flinn) – RC 2015



Título: A Kiss in time
Autora: Alex Flinn
Mês: Maio
Tema: Escrito originalmente em outro idioma
Editora Harper Teen, 384p.

The princess shall be awakened by her true love’s first kiss, and the kingdom shall return to normal and become visible to the world again.

Talia sempre foi avisada para nunca tocar em um fuso. Desde pequena, qualquer um que entrasse no castelo, fosse nobre, servo ou pessoa do povo não poderia possuir fuso nenhum. Talia questionava, mas ninguém nunca respondia seriamente, o máximo que ela conseguia eram respostas vagas, até ela ameaçar sua governanta, Lady Brooke, que acaba contando a verdade: Talia foi um bebê muito desejado e seu nascimento foi uma felicidade. Para o batizado, o rei e a rainha convidaram todos, incluindo as fadas. Violet lhe deu o dom da beleza, Xanthe, o dom da graça, e Leila, o do talento musical, Celia, o da inteligência e quando Flavia estava para dar o seu presente (o dom da obediência), a bruxa Malvolia amaldiçoá-la. Antes de completar 16 anos, Talia espetaria o dedo em um fuso e morreria. Flavia conseguiu atenuar a maldição: a princesa dormiria, assim como todos e o reino ficaria escondido do resto do mundo até Talia receber um beijo de amor verdadeiro. Na véspera do aniversário de seus 16 anos, Talia deve escolher os vestidos adequados a grande festa que está sendo preparada, mas nenhum deles é realmente aquele que ela deseja. Ao encontrar uma senhora que tem os vestidos exatos que ela quer, a princesa fica encantada e acaba aceitando a proposta da velha para ter o direito de usar o vestido. O que ela não sabe é que tudo era uma armadilha de Malvolia e assim a maldição se cumpre.
Jack está viajando pela Europa com o amigo Travis e no caminho para a praia que eles tanto anseiam pra encontrar, acabam indo parar no castelo de Talia e descobrem a princesa desmaiada. Fascinado, Jack a beija e a desperta... de um sono de quase 300 anos!!! A confusão está armada, porque a princesa insiste que Jack é o amor de sua vida, enquanto o rapaz só quer ir embora. A festa de aniversário é cancelada porque com o castelo escondido, os convidados não conseguirem chegar nele. O rei fica furioso quando descobre que a própria filha causou tudo e Talia, com medo, foge com Jack para a Flórida e começa a aprender a viver no século XXI, ao mesmo tempo em que ela e Jack se conhecem melhor, enquanto lidam com as diferenças e similaridades entre si.

Now I’m stuck with a bratty princess and a trunk full of her jewels. . . . The good news: My parents will freak!

Amei. Não tenho outra palavra que descreva o quanto eu adorei cada minuto da leitura deste livro. Engraçado, irreverente, a autora dá uma nova roupagem ao conto da Bela Adormecida. Como no seu livro A Fera, esta versão deste conto é uma versão moderna que agrada qualquer amante de contos de fadas, mesmo os mais conservadores. A magia, o romance, está tudo lá. Com a diferença (e nisso eu achei bem parecido com a série Once upon a time) do tempo, pois ao acordar 300 anos depois, Talia não tem noção de nada e seu pai pensa que o reino está em problemas porque ninguém apareceu para o aniversário da filha (quando na verdade os convidados não encontraram o castelo devido a maldição). A convivência entre os dois é hilária, ainda mais com Talia tentando se adaptar ao século XXI. Publicado pela editora HarperTeen, fico pensando no porque de mais nenhum livro da Alex ter sido traduzido e publicado aqui. Os contos de fadas estão voltando, totalmente repaginados, e o público está gostando, então fica a dica para alguma editora brasileira. Livro mais do que recomendado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário