2 de dez de 2014

Línguas de fogo (Karen Soarelle)


Título: Línguas de fogo
Autora: Karen Soarelle
Editora Cubo Mágico, 215p.

Aisling é uma menina simples, camponesa, que vive com a avó num povoado em Vulcannus. Uma noite, Aisling é acordada com pressa pela avó sem saber porque, e é posta em fulga. O povoado está queimando, as pessoas estão morrendo e fugindo e Aisling não consegue entender nada. Quando ela vê que Dharon, seu melhor amigo e guerreiro da vila, está lutando contra o monstro que está assolando o lugar. Ele é ferido gravemente na tentativa de proteger Aisling, e a única chance de salvá-lo é deixar a avó pra trás e rumar para o desconhecido e entrar no território inimigo de Hynneldor, onde pode existir a cura para o veneno do monstro. No caminho, Aisling e Dharon encontram um amigo em Desmond, além de uma égua belíssima que segue Aisling para todo lado. Desmond resolve levá-los ao grupo rebelde do qual faz parte e a menina acaba conseguindo ajuda de Marian, a líder. Quando elas viajam para encontrar o antídoto para o veneno que ataca Dharon, a Fortaleza é atacada e uma traição é descoberta, ao mesmo tempo em que Marian descobre coisas sobre Aisling que nunca havia imaginado.

Este livro é o primeiro da série Crônicas de Myríade, do talento nacional Karen Soarelle. Honestamente, não me lembro o dia exato em que eu dei de cara com este livro, mas a capa e o título me chamaram a atenção de primeira. Entrei em contato com a Karen e ela, muito fofa e solícita, me falou mais sobre a história. Eu acabei lendo o pequeno conto A Rainha da Primavera (a resenha você confere aqui), e adorei. Fiquei louca de curiosidade pra ler esse livro, comprei na promoção do lançamento de Tempestade de areia, o segundo da série, e. apesar de ter demorado um pouco pra começar a leitura, não consegui largar assim que peguei. Logo no início da história você se envolve com a ação, e não pára. A narrativa é fluida, nem um pouco cansativa, o que me fez gostar mais ainda da história. Meu personagem favorito: Douce (que eu espero que apareça de novo nos próximos livros). Partindo para a leitura de Tempestade de areia. Recomendo as Crônicas de Myríade para todos os fãs de talentos nacionais da fantasia.

Um comentário:

  1. Oi, Natallie!!
    Puxa, eu fico tão feliz que você não tenha conseguido largar o livro! Que bom que gostou!
    Já que gostou da Doulce, é importante dizer... ela aparece de novo em Tempestade de Areia, e também em A Canção das Estrelas.

    Beijos!!
    Karen Soarele

    ResponderExcluir