12 de set de 2011

Aruanda de Eneida de Moraes – DL 2011



Tema: Autores Regionais

Mês: Setembro de 2011 (Livro II)

Título: Aruanda

Autor do livro: Eneida de Moraes

Editora: SECULT; FCPTN

Nº de páginas: 306

Sinopse: Aruanda, segundo Eneida, éo país que trazemos dentro de nós.

Quando vi a capa do livro, o que mais chamou a minha atenção foi… a capa não me chamou a atenção.

Eu escolhi este livro porque… era outra obra-prima da literatura paraense que eu sempre tive curiosidade em ler.

A leitura foi… boa. Nunca gostei muito de contos, fosse do autor que fosse, mas eu nunca havia lido nada de Eneida. A edição que eu li também continha outro conto, Banho de Cheiro, continuação de Aruanda, que se refere ao porto de Luanda, em Angola, de onde partiram muito navios com negros para servirem de escravos no Brasil. Esse porto foi o único cujo nome permaneceu na memória desses negros, através dos cantos de macumba. Essa pequena introdução já demonstra o grau desse livro.

O personagem que eu gostaria de ter ... foram... Não houve alguém que eu quisesse ter ajudado ou situação que quisesse ter influenciado. Acho que é porque o livro fala de um lugar histórico, o porto de Luanda. Não me entenda mal. Não quero dizer que eu não gostaria de ter ajudado a ir contra o tráfico negreiro, é só que Eneida fala desse acontecimento de um jeito tão diferente, que não vi algo que pudesse fazer.

O trecho do livro que merece destaque: o livro todo.

A nota que eu dou para o livro: 5

3 comentários:

  1. A sua seleção de leitura tem versado por histórias cujo conteúdo parecem consistentes e profundos. Pareceu-me do tipo leitura imperdível. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Vc realmente precisa ler o livro de novo para entendê-lo. Eneida, nesse livro, não escreve contos, e sim crônicas. E o tema não é o porto de Luanda, que só é uma referência para o título, que mais significa um lugar dentro de vc, o seu paraíso (mundo) perfeito. Ela conta sobre suas memórias: da infância, sobre Belém e seus costumes (e o quanto ela os amava), e principalmente, sobre as prisões que sofreu na ditadura, o que ela passou, como reagiu e as pessoas que a ajudaram nesse momento. ;)

    ResponderExcluir