3 de jan de 2011

Retrospectiva Literária 2010

O livro infanto-juvenil que mais gostei: Difícil. Li tantos livros dessa categoria que fica difícil escolher um só.... Harry Potter, toda a saga. Além de ser um livro de fantasia, ensina muitas lições, é bem escrito, tem um enredo maravilhoso e emocionante (passei do 4º livro em diante só chorando...). Além disso, foi Rowling quem levou a conhecer Tolkien e Austen, que hoje são meus dois vícios literários.

A aventura que me tirou o fôlego: O Silmarillion, de Tolkien. É um livro sobre a cosmogonia de Tolkien. A aventura principal, a guerra das Silmarils de Fëanor, é de fazer o leitor viajar.

O terror que me deixou sem dormir: Simplesmente não leio livros de terror.

O suspense mais eletrizante: a trilogia Millenium, de Stieg Larsson. Já li os dois primeiros e o terceiro estou lendo. É uma história totalmente enlouquecedora.

O romance que me fez suspirar: Orgulho e Preconceito de Jane Austen. Preciso dizer por quê? Mr. Darcy, obviamente.

A saga que me conquistou: a trilogia O Senhor dos Anéis. Pelos elfos, pelos hobbits, pelo romance de Arwen e Aragorn, por tudo.

O clássico que me marcou: Orgulho e Preconceito. As pessoas podem ser preconceituosas e orgulhosas, mas se deixar um sentimento mais forte se sobrepor a tudo, é muito mais fácil ser feliz. Uma boa mudança de conduta sempre é bem-vinda, quando o objetivo é o coração de uma mulher.

O livro que me fez refletir: Ensaio sobre a cegueira.

O livro que me fez rir: Empatado. Diário da Princesa. Hilário como Mia fala da vó dela. E também As mentiras que os homens contam. Nossa, eu chorava de tanto rir.

O livro que me fez chorar: Dewey, uma gato entre livros. Chorei horrores.

O melhor livro de fantasia: Coração de Tinta.

O livro que me decepcionou: Nenhum. Quando não se espera nenhuma surpresa, é fácil não se decepcionar.

O(a) personagem do ano: Emma Woodhouse. Ela é ótima.

O(a) autor(a) revelação: Do ano de 2010, foi Thalita Rebouças. Não sou chegada a literatura brasileira, mas os livros dela são ótimos.

O melhor livro nacional: As mentiras que os homens contam.

O melhor livro que li em 2010: Ai, agora pegou. Talvez eu esteja sendo injusta, mas foi Orgulho e Preconceito. Leio ele o tempo todo e sempre vai ser o melhor romance pra mim.

Aí está. Apesar de que algumas respostas não dizem respeito somente ao ano de 2010.

2 comentários:

  1. Oi Natallie! Adorei as suas respostas!! Acredita que ainda não li Orgulho e Preconceito? Tenho o livro, mas não está comigo. Está viajando... através do grupo Livro Viajante lá do Skoob.
    Morro de vontade de ler os livros do Stieg Larsson! Parecem ser muito bons!! Já estão na minha lista!!
    Amei Ensaio Sobre a Cegueira! É um dos melhores livros que já li! Saramago é demais!!
    Obrigada por ter participado! \o/
    Em breve, mais blogagens coletivas no ar...
    Bjss, feliz 2011!!

    ResponderExcluir
  2. Valeu. Feliz 2011 pra vc também!!!!

    ResponderExcluir