17 de nov de 2014

Contos de fadas (Irmãos Grimm)


Título: Contos de fadas
Autores: Irmãos Grimm
Editora Iluminuras, 286p.

Princesas adormecidas, príncipes corajosos, reis antigos, animais encantados, fadas, elfos, dragões, crianças abandonadas, romance e magia. Tudo isso e muito mais fazem parte dos contos de fadas recolhidos pelos irmãos Grimm quando ambos abandonaram o magistério para se dedicar aos estudos de história, literatura e lingüística. O legado destes dois irmãos foi publicado em dois volumes em 1812 e 1814 e mais tarde, em um volume com todas as histórias recolhidas, publicado em 1819. Desde então, as crianças conhecem os contos de fadas e, através deles, a bondade, beleza e inteligência, assim como a maldade e ganância inerentes ao ser humano.

Este livro contém 58 contos dos irmãos Grimm, alguns já bem familiares ao público, outros nem tanto. Eu já tinha visto esse livro, mas nunca fiz questão de tê-lo (minha fixação era uma edição da Zahar). No entanto, resolvi ir atrás dele e ler desde que eu soube de uma série alemã (que também reproduzia alguns contos de Hans Christian Andersen) chamada Os melhores contos de Grimm, que passava todo domingo no canal +Globosat. Eu fazia questão de sempre assistir, mas peguei somente os episódios finais. Alguns dos contos eu nunca havia ouvido falar, então adorei quando vi que neste livro tinha alguns dos que se tornaram os meus favoritos: "As doze princesas bailarinas" e "A moça dos gansos". Outros contos, como "Rumpelstiltiskin" e "O pescador e sua esposa", eu já conhecia de outras coleções. Enfim, adorei o livro. Eu adquiri pensando em ler e trocar, mas agora já está na estante pessoal. Indico tanto ele quanto a série (cujas paisagens e locações fazem você realmente se sentir em um conto de fadas).


Cenas de A pequena sereia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário