18 de jan de 2016

Mago As trevas de Sethanon (Raymond E. Feist) – RC 2016



Título: Mago As trevas de Sethanon
Autor: Raymond E. Feist
Mês: Janeiro
Tema: Continuação
Editora Saída de Emergência, 478p.

Todos achavam que não havia mais Falcões Negros. Após um ano de calmaria, o reino está comemorando a apresentação dos dois filhos de Arutha e Anita e o povo está em festa. Até que descobrem que o perigo ainda não passou e que não, os Falcões Negros não sumiram. Arutha parte para luta e um atentado contra sua vida leva a um plano audacioso de perseguição a Murmandamus. Só que ele não consegue mentir para Jimmy, seu escudeiro fiel, e assim partem ambos, Martin, Baru, Laurie, Roald e Locklear para o norte, em direção as terras após as cordilheiras. Enquanto isso, Pug, que havia viajado para o extremo norte do império e aprendeu muito com os eldar, elfos anciões há muito julgados desaparecidos. Junto a Thomas, eles partem em uma viagem perigosa e fora do tempo na tentativa de salvar Midkemia de uma vez por todas.

Finalmente, terminei. Uma série que me interessou somente pela capa e porque as pessoas falavam muito bem e recomendavam. Como eu disse antes, a história não é ruim, só perdeu o encanto por causa de alguns personagens. Agora que li toda a história, acho que o que faltou realmente foi um pequeno glossário para falar um pouco sobre os lugares e personagens, pois eles são, à primeira vista, complexos, somente para facilitar a leitura, porque eu tive a sensação, desde o início, de ser jogada num mundo diferente sem nenhuma introdução, o que me confundiu um pouco. Talvez isso seja somente uma desculpa para o meu desgostar da série, não sei. Não quero ser injusta. Só que a história, mesmo com esse último livro completamente eletrizante, não me prendeu. No entanto, eu recomendo aos fãs de fantasia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário