7 de abr de 2013

Os delírios de consumo de Becky Bloom (Sophie Kinsella) – Fuxicando sobre Chick-lits



Tema: Adaptação para o cinema
Mês: Abril
Livro: Os delírios de consumo de Becky Bloom
Autora: Sophie Kinsella
Ed. Record, 428p.

Rebecca Bloom, ou Becky, é jornalista especializada na área de finanças e uma consumista compulsiva assumida. Mesmo sendo jornalista financeira, ela não está nem aí para a forma como gasta seu dinheiro, só quer saber de comprar novas roupas e sapatos. Ela vive com sua melhor amiga Susi, que não percebe esse lado compulsivo da amiga. Quando seu chefe a manda assistir mais uma conferência financeira, no meio do caminho Becky dá de cara com mais uma promoção imperdível. O problema é que seu cartão Visa ficou no seu trabalho, então ela acaba pensando em pedir emprestado a uma amiga que vai estar na conferência. Esse pedido, no entanto, acaba sendo ouvido por todos, inclusive por Luke Brandon, um executivo bem sucedido, com QI alto e que sempre passa a impressão de saber a verdade sobre Becky (que ela não sabe nada de finanças, mesmo trabalhando na área). Ela o odeia, mas depois começa a desconfiar de tanto ódio... Como não podia deixar de ser, uma hora Becky se vê endividada, com todos os cartões de crédito cancelados e, pior, brigada com Susi. Assim, ela resolve voltar para a casa dos pais, só temporariamente. Lá, ela recebe uma chance de escrever um artigo para um jornal de circulação nacional e sair do buraco, só que o artigo será sobre algo que ela já provou que não entende: finanças. Será que ela conseguirá dar a volta por cima? E seus sentimentos por Luke são verdadeiros?

O primeiro livro que li de Sophie Kinsella. Agora entendo a quantidade de críticas boas que essa autora recebe de todos. Além de escrever de uma forma atrativa, a história é divertidíssima. Becky é muito louca, para dizer o mínimo. Seu vício em comprar, seu desespero em não perder uma liquidação que seja é completamente hilário. Mais engraçado ainda é seu estresse com Luke, já que ele sabe que ela não sabe bulhufas do próprio trabalho. Valeu muito a pena ler, não só para finalmente poder conhecer o estilo da Sophie, mas também porque a história vale a pena. Super indico.

2 comentários:

  1. Oi flor!
    A Becky é mesmo hilária! Eu adoro o final desse livro e meu favorito da série é o terceiro (mas ainda não li os 3 últimos).
    Fico feliz que seu primeiro contato com a Sophie tenha sido positivo e espero que leia e goste de outros livros dela!
    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A leitura desse livro valeu mesmo a pena, Aione. Só pela sinopse, quando fui escolher, já me fez rir. Becky é totalmente doida. Depois de ver tanta gente falando dessa autora, eu tinha que ler alguma coisa dela. O desafio até que veio a calhar :)
      Abraços.

      Excluir