27 de nov de 2015

A guerra dos tronos (George R.R. Martin) – RC 2015


Título: A guerra dos tronos
Autor: George R.R. Martin
Mês: Novembro
Tema: Começou mas não terminou
Editora Leya, 682p.

Os Starks são a família protetora do Norte de Westeros. Quando lorde Stark, Eddard, é chamado para fazer a justiça do rei, ele encontra no caminho o símbolo de sua casa, um grande lobo morto com a galhada de um cervo na garganta. O animal, uma fêmea, cuja espécie não é vista há anos nesta parte do mundo, só teve tempo de parir antes de sucumbir ao ferimento, deixando 6 filhotes. Brandon, o filho mais novo de Eddard que acompanha o pai, não quer que os filhotes sejam sacrificados e seu irmão bastardo Jon Snow pede ao pai para que eles possam ficar com os lobos. No mesmo dia, chega uma carta avisando que a Mão do Rei e amigo de Eddard, lorde Arryn, morreu e que o rei e sua corte chegarão em Winterfell em pouco tempo. Mesmo suspeitando que a longa viagem do rei Robert tivesse como objetivo transformá-lo na nova Mão, Eddard ainda assim está indeciso e só quando sua esposa Catelyn recebe uma carta da irmã avisando dos perigos em Porto Real ele decide aceitar a proposta. Mas um acidente envolvendo Brandon transforma mais ainda a tranqüilidade da família, já abalada pela chegada do rei. Winterfell fica vazia, pois Eddard e suas filhas partem para Porto Real enquanto Jon viaja para a Muralha para se tornar um patrulheiro. Do outro lado do mundo, as coisas também estão agitadas, pois Viserys Targaryen, filho do rei destronado Aerys, quer a todo custo reconquistar o que foi de sua família. Ele casa sua irmã Daenerys com um líder dothraki, Khal Drogo, senhor do povo dos cavalos, em troca de um exército. Em Porto Real, Eddard se aproxima da verdade sobre a morte da antiga Mão, enquanto do outro lado do mar, Daenerys começa a assumir o controle de sua vida. Problemas surgem e as sementes da tragédia são plantadas na vida destes dois personagens, trazendo conseqüências sérias para toda Westeros.

A minha história com esta saga literária é no mínimo curiosa. Comprei o livro faz tempo, mas por curiosidade do que outra coisa. Deixei ele guardado outra metade desse tempo, comecei a ler, parei, comecei a ver partes das várias temporadas da série (fora de ordem) e, apesar de saber um pouco sobre as mortes horrorosas através de pesquisa e comentários de amigos que já conheciam a série, não fiz questão de ler nem ver mais nada. Até a temporada de 2014, quando a TV a cabo liberou o sinal da HBO e fiz uma maratona das três temporadas. Vi mais vídeos no youtube, fui atrás de mais informação, mas foi por causa de um grupo de amigos que curtiam os livros e a série que resolvi ler a sério. Comecei a ler e como não podia deixar de ser, virei fã. Já sabia da complexidade da obra graças as entrevistas que via do autor e dos fãs, mas só lendo mesmo pra entender. Adorei, fiquei traumatizada, mas como uma boa fã, vou acompanhar tudo até o final. Recomendo a todo fã de fantasia como eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário