23 de fev de 2014

Profundezas (Roderick Gordon e Brian Williams)


Título: Profundezas
Autores: Roderick Gordon e Brian Williams
Editora Rocco Jovens Leitores, 689p.

O livro começa, diferentemente de como se poderia imaginar, mostrando Sarah Jerome, uma fugitiva da Colônia. Mas logo voltamos a Cal, Chester e Will no trem dos mineradores, em direção às profundezas, mas especificamente, em direção ao Desterro, Will com a idéia fixa de que ainda pode encontrar Dr. Burrows, seu pai, vivo. Aliás, ele reaparece, fazendo anotações sobre tudo que encontra pela frente, delirando (praticamente) com o esperado reconhecimento científico pelas suas descobertas. Voltando a superfície, damos de cara com a Sra. Burrows e o que ela anda fazendo durante seu período de internação. O tempo corre, já fazem meses que sua família foi separada, e ela não faz idéia do que aconteceu com todos. Voltando aos meninos, eles ainda lutam para fugir dos Styx e acabam encontrando ajuda pelo caminho na forma de Drake e Elliot. As coisas não andavam bem entre Chester e Cal, e agora o relacionamento entre Will e seu amigo também começa a piorar. Mas a reviravolta na história está ainda para acontecer, quando Will descobre mais sobre sua suposta irmã Rebecca. O que acontece depois ninguém poderia prever.

Se você gostou do primeiro livro dessa série, vai adorar esse. Surpresas do início ao fim. Muito mais detalhes e descrições, muitas aventuras e um final de tirar o fôlego (e de fazer chorar também). Confesso que fiquei meio perdida com as muitas descrições, as quais sou péssima pra imaginar (vou deixar por conta do filme me ajudar a visualizar os locais, o qual vai acontecer, se Deus quiser, se o primeiro filme fizer sucesso, o que vai acontecer, se Deus quiser). E também fiquei surpresa com a reviravolta no final. Na verdade fiquei louca com aquele final. Eu cometi a grande besteira de ler algumas páginas do final do livro antes e me conformei, depois da surpresa. Mas eu não sabia o que vinha antes dessas páginas... Algo que eu sequer imaginava. E ainda não me conformo, mesmo já estando lendo o terceiro e vendo que aquilo aconteceu mesmo. Enfim. Como o primeiro livro, eu totalmente recomendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário